Rumo a Lisboa
À procura de trabalho na capital

27 Janeiro 2010

Depois de não actualizar este blog à algum tempo, cá estou eu com mais um post; boas novas, felizmente.

A oferta de emprego que tinha mencionado aqui acabou por não dar em nada. Depois de várias semanas sem receber notícias, concorri a outra e, em dois ou três dias, estava a ser chamado para uma entrevista. Ela correu bem e estou neste momento em Lisboa, em formação.

Viver em Lisboa não é tão complicado como pensava. A cidade tem defeitos e virtudes, mas no geral está-se bem. O único problema é eu estar muito mal de finanças e ser obrigado a cortar em tudo, até na comida, para me aguentar.

Hoje, não comi quase nada durante o dia todo; o meu almoço foi 3 sandes de pão-de-forma, uma com doce de ananás e as outras duas com manteiga. À noite, depois de sair da formação, antes de vir para a minha segunda casa (a primeira ainda é a de Coimbra), fui ter com a minha namorada e uns amigos a um bar. Como é óbvio, não gastei lá dinheiro, embora o cheiro dos bolos me tenha dado algumas voltas ao estômago. A caminho de casa, no metro, ia com tanta fome que ia todo tonto. Depois de sair do metro, passei por uma churrasqueira e salivei-me todo (não da forma literal à Homer Simpson) quando vi uns frangos a assar. Não imaginam o quão mal me senti por não poder comer um para matar a fome.

Agora, estou a descongelar carne para preparar para o jantar de hoje e almoço de  amanhã. Mas assim que se acabe a comida que a minha mãe me mandou, vai ser complicado para mim. Viver aqui quase sem dinheiro não é fácil. O pior é que tenho dinheiro para receber e não sei quando é que ele me é pago, e se ficar neste trabalho só em Março é que consigo ter as minhas finanças organizadas.

Eu já sabia, antes de me aventurar por Lisboa, que o mais certo era ter que passar por uma situação assim. Mas passar por ela e imaginar que vou ter que passar... é completamente diferente. Às vezes dá vontade de mandar isto tudo à fava e voltar para o conforto do lar.

publicado por brunomiguel às 21:41
tags:

Força nisso maluco!!! e ve se a tua <3 nao te pode dar umas refeicoesitas de vez em quando :S porque se vais com fome para o trabalho isso pode correr mal :|
Rúben Marques a 27 de Janeiro de 2010 às 22:24

Boa noite.

Deparei com o teu blog, e rapidamente me chamou à atenção o tema.

De facto tu e eu temos muitas semelhanças.

A mesma situação aconteceu comigo, há um ano atrás!

Em novembro de 2008, mudei-me para, em busca de novas oportunidades de emprego. pois onde estava (no norte), sentia-me explorado e muito mal pago. Um dia fartei-me. despedi-me e fui embora.

De imediato, comecei a concorrer para Lisboa, (representar 30% do PIB nacional, com cerca de 2 milhões de habitantes) fizeram-me pensar que LX era o tal sitio onde eu deveria estar há muito tempo.

Em quatro meses concorri só para a capital, a empregos na minha área. As várias entrevistas que fui, fizeram-me ver, que afinal em Lisboa o trabalho também era mal pago, apesar de ter consciência que ninguém começa a trabalhar no topo da hierarquia de uma empresa, mas os salários que me propunham não davam para sobreviver na capital.

Foi então que percebi que estava errado com o sonho Lx, apesar de adorar a cidade.

Parei para pensar: " Porque não trabalhar numa coisa que eu gostava de fazer? Em que o trabalho dependa de mim? É uma grande responsabilidade! mas dependerei só de mim e isso é possível!"

Fui empreendedor e criei o meu próprio negócio! Hoje mantenho-me na capital, trabalho em casa, na minha empresa on-line! Agora penso regressar ao norte e abrir o meu 1º espaço físico (sim, está fora de hipótese aguentar uma renda de loja aqui)!

Fica a dica!

Um abraço e nunca deixes de lutar pelos teus objectivos! Quando um Homem quer é capaz!

Amoretto a 14 de Fevereiro de 2010 às 02:11

força !!
emprego lisboa a 20 de Agosto de 2011 às 20:36

Espero que a esta altura a situação já esteja bem melhor e que tenha valido a pena passar por esses momentos difícieis.

Muita força !
aixa a 8 de Agosto de 2010 às 19:51

Melhorou: voltei para Coimbra e retomei a minha vida aqui. Tive bastante pena de deixar Lisboa, mas teve que ser.
Bruno Miguel a 12 de Agosto de 2010 às 11:45

Amigo, desejo-lhe muita força! Continue a batalhar pela vida...
emprego lisboa a 10 de Fevereiro de 2011 às 15:15

Quando se chega a Lisboa podem surgir 3 destinos:

- o mais provavel: o de ter emprego mas com uma remuneração pouco agradável e quase insuficiente para cobrir as despesas ou até ter 2 empregos ou ainda andar de emprego em emprego (temporário);

- o que acontece pouco, mas acontece: não conseguir emprego, não conseguir ajuda, não fazer amigos e simplesmente ser "engolido" pela cidade;

- o menos provavel: de degrau em degrau, na escada do sucesso, obter bons resultados, superar todos os objectivos e chegar a um patamar muito estável de reconhecimento geral e com uma autonomia financeira que permita ir de férias ao Algarve sem andar a contar as moedas :)
Emprego Lisboa a 1 de Agosto de 2011 às 10:00

lindo poema cheio de sentimento!!!
emprego lisboa a 20 de Agosto de 2011 às 20:34

Contacto

Se tiver conhecimento de alguma oferta de emprego cujos requisitos o meu curriculo preencha, agradeço que me contacte.

O autor

bruno miguel

Nome: Bruno Miguel
Idade: 26 anos

pesquisar